GINASTICA LABORAL

Ginástica laboral é a prática voluntária de atividade física, realizada pelos trabalhadores coletivamente, no próprio local de trabalho, durante a sua jornada diária, visando melhorar a condição física do trabalhador.
Tem como objetivo fortalecer determinadas musculaturas muito exigidas durante a jornada de trabalho, o que faz prevenir problemas posturais e lesões que, além de trazerem riscos aos funcionários, representam custos operacionais para a empresa.
Esta Ginástica não leva o trabalhador ao cansaço, por ser de curta duração. A Ginástica Laboral contribui para a prevenção e recuperação das chamadas "doenças do trabalho" (LER e DORT) promovendo o bem estar e melhorando as relações interpessoais.

Sobre a Ginástica Laboral a primeira notícia que se encontra é uma pequena brochura editada na Polônia em 1925, onde foi chamada também de Ginástica de Pausa. Era destinada a operários e alguns anos depois surgiu na Holanda e Rússia.
No início dos anos 60 surgiu também na Bulgária, Alemanha, Suécia e Bélgica. No Japão na década de 60 ocorreu a consolidação e a obrigatoriedade da G.L.C. - Ginástica Laboral Compensatória. No Brasil o esforço pioneiro residiu numa proposta de exercícios baseados em análises biomecânicas.
Esta proposta foi estabelecida pela escola de Educação de FEEVALE no ano de 1973, quando se elaborou o projeto de Educação Física Compensatória e Recreação. E infelizmente, não foi encontrado material de continuidade deste trabalho.

BENEFÍCIOS

A Ginástica Laboral propicia benefícios fisiológicos, psicológicos, sociais e empresariais:

Fisiológicos:

  • Promove a sensação de disposição e bem estar para o trabalho.
  • Combate e previne doenças profissionais, sedentarismo, estresse, depressão, ansiedade.
  • Melhora a flexibilidade, a coordenação e a resistência, promovendo uma maior mobilidade e melhor postura.
  • Diminui as inflamações e traumas.
  • Diminui a tensão muscular desnecessária.
  • Diminui o esforço na execução das tarefas diárias.

Psicológicos:

  • Favorece a mudança da rotina.
  • Reforça a auto-estima e melhora a auto-imagem.
  • Mostra a preocupação da Empresa com seus funcionários.
  • Melhora a capacidade de atenção e concentração no trabalho.
  • Desenvolve a consciência corporal.
  • Combate tensões emocionais.

Sociais

  • Desperta o surgimento de novas lideranças.
  • Favorece o contato pessoal.
  • Promove a integração social.
  • Favorece o trabalho em equipe.
  • Melhora as relações interpessoais.

Empresariais:

  • Propicia maior produtividade por parte do trabalhador.
  • Melhora a imagem da instituição perante os empregados e a sociedade.
  • Diminui o número de queixas, afastamentos médicos, acidentes e lesões.
  • Reduz os gastos com afastamentos e substituições de pessoal.

Tipos de Ginástica Laboral
A ginástica laboral pode ser realizada no início (preparatória), durante (compensatória) e após o trabalho(relaxamento).

Preparatória
Realizada no início da jornada de trabalho.
Tem como objetivo principal preparar o trabalhador aquecendo os grupos musculares que serão solicitados nas suas tarefas e despertando-os para que se sintam mais dispostos ao iniciar o trabalho.

Compensatória
Realizada durante a jornada de trabalho Interrompe a monotonia operacional, aproveita as pausas para executar exercícios específicos de compensação aos esforços repetitivos, e às posturas inadequadas solicitadas nos postos operacionais.

Relaxamento
Realizada após o expediente de trabalho.
Tem como objetivo reduzir a tensão muscular criada pelas atividades realizadas no trabalho, para que estes músculos não desenvolvam, aos poucos, microlesões que irão acarretar em lesões maiores com o passar dos dias.
O trabalho contínuo em uma mesma atividade pode causar alguns problemas à  saúde de qualquer trabalhador. Todas as atividades tem suas particularidades, e cada uma precisa e merece seus cuidados. O que acontece atualmente, principalmente devido à exigência do mercado de trabalho por produtividade, é que os trabalhadores empenham-se em serem bons profissionais e se esquecem de cuidar da saúde física e mental.
ginástica laboral tem o objetivo de manter a saúde dos funcionários de determinado local de trabalho através de exercícios físicos direcionados para aquela atividade profissional e feitos durante o expediente. Esta atividade deve ser acompanhada e orientada por um profissional da saúde física (um educador físico), para que obtenham-se os resultados esperados.
Além de diminuir a carga de estresse por interromper o trabalho, a ginástica laboral ainda evita osedentarismo. Esta prática pode pode melhorar muito o desempenho de um funcionário, além de evitar lesões por esforço repetitivo (LER) e outras doenças provocadas pelo trabalho contínuo e a falta de exercícios físicos. Por conta destes benefícios, ela ajuda a diminuir o afastamento dos funcionários da empresa.
A ginástica é composta por exercícios físicos, alongamentos, relaxamento muscular e flexibilidade das articulações, e é uma prática coletiva, promovendo a descontração e interação entre os colegas de trabalho. Além disso, ela age psicologicamente, ajudando a aumentar o poder de concentração e motivando-os em sua auto-estima.
Não precisamos ser experts para saber que, agindo dessa maneira sobre os empregados, a ginástica influenciará também no faturamento da empresa, pois esta terá uma produtividade muito maior.

Mas, de onde surgiu a ginástica laboral?
A princípio denominada “ginástica de pausa para operários”, surgiu em 1925, na Polônia. Depois foi sendo aderida também em outros locais como a Holanda, a Rússia, a Bulgária, a Alemanha, etc. Em 1928 chegou ao Japão, sendo aplicada nos trabalhadores do correio, e após a Segunda Guerra Mundial, espalhou-se por todo o país.
Como resultados, observou-se a diminuição dos acidentes de trabalho, o aumento da produtividade e a melhoria das condições dos trabalhadores. Hoje, mais de 1/3 dos trabalhadores japoneses a praticam diariamente.
Atualmente, menos pessoas são “consumidas” pelo trabalho do que no século XIX, mas em compensação a automação, a informatização e o avanço tecnológico fizeram com que muitos trabalhadores sejam “operadores de máquinas”, ao mesmo tempo que afastou os trabalhadores uns dos outros, tornando o trabalho exaustivo e exigente. Mais do que nunca as pessoas trabalham sozinhas, sendo pressionadas por metas e tarefas a cumprir.
Devido a todas essas particularidades decorrentes da globalização, os trabalhadores hoje necessitam mais que nunca de uma atividade física, e se ela acontece no meio de seu expediente, no ambiente de trabalho, e ainda promove interação, descontração e relaxamento de corpo e mente, torna-se ainda mais indispensável.

Principais Benefícios

  • Promove o combate e prevenção das doenças profissionais;
  • Promove o combate e prevenção do sedentarismo, estresse, depressãoansiedade, etc;
  • Melhora da flexibilidade, força, coordenação, ritmo, agilidade e a resistência, promovendo uma maior mobilidade e melhor postura;
  • Promove a sensação de disposição e bem estar para a jornada de trabalho;
  • Reduz a sensação de fadiga no final da jornada;
  • Melhora da auto-estima e da auto-imagem;
  • Combate as tensões emocionais;
  • Melhora da atenção e concentração as atividades desempenhadas;
  • Favorece o relacionamento social e trabalho em equipe;
  • Melhoria das relações interpessoais;
  • Reduz os gastos com afastamento e substituição de pessoal;
  • Diminui afastamentos médicos, acidente e lesões;
  • Melhora da imagem da instituição junto aos empregados e a sociedade

INSTITUCIONAL
 
HOME
QUEM SOMOS
AGENTES BRASIL
LINKS ÚTEIS
FRANQUIAS
LOJA VIRTUAL
FALE CONOSCO
 
 
 
 
 
 
E-mail: sligosafety@gmail.com - HOME-PAGE: www.sligo.com.br

© 2017 SLIGO - Service Safety Labor - Todos os direitos reservados.